segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Páginas em branco

"Viver é desenhar sem borracha."
Millôr Fernandes


Muitas vezes nos enganamos com o ínicio de um novo ano, queremos acreditar que tudo começará "do zero" e teremos a chance de escrever uma nova história, mas na verdade não há milagre nenhum em cada 1º de janeiro.
O que acontece é a renovação de propósitos e isso pode mudar (ainda que pouco) a sua história. O fato é que já fizemos um "esboço" do que queremos viver no futuro quando tomamos as decisões no passado, podemos mudar nosso enredo mas os atores principais serão os mesmos e mesmo que mudemos de cenário o final feliz pode ficar comprometido com o que já foi lido de sua história.
Carregamos marcas do que aconteceu e mesmo que venha esquecer das lágrimas derramadas sobre o papel e os borrões que ficaram nas páginas anteriores sempre haverá um crítico para apontar o seu erro e julga-lo como escritor de sua própria história.
Mas não nos cabe lamentar o desafio de prencher cada página e temos sim que buscar inspiração do alto e nas belas histórias já escritas, onde reis falham, principes chegam à pé e princesas são órfãs.
Como já disse não há "milagre" em começar um novo ano mas pode haver grandes milagres em um amanhecer.
Feliz escolhas para 2012!

Nenhum comentário:

Postar um comentário